2017

Estes são os brinquedos mais seguros para as viagens de carro

Outubro 11, 2017

jj

Seja para uma longa deslocação ou para um pequeno trajeto, as viagens de carro com os miúdos no banco traseiro só começam quando os cintos estão todos postos, os bancos ajustados, as mochilas prontas, lanches à mão e, sobretudo, todos os brinquedos possíveis dentro do carro para entreter a criançada. Para os pais, a segurança está sempre em primeiro lugar, é verdade, mas o problema é que por vezes nem se tem noção do perigo que representam para toda a família alguns dos objetos que costumam andar dentro do carro, entre os quais os brinquedos.

Quando um automóvel colide com algum obstáculo, ele e os corpos no seu interior sofrem forças muito maiores comparadas ao valor dos seus pesos. Numa colisão a apenas 60 km/h, um simples boneco pode transformar-se numa arma mortífera, com o seu peso a aumentar 14 vezes no espaço de tempo entre o impacto e a imobilização do veículo.

Nestas situações, brinquedos soltos como bolas, bonecos de plástico, e leitores de DVD que não estejam presos, podem ser bastante perigosos e causar ainda mais danos aos passageiros do que o próprio impacto. Além disso, existe sempre a probabilidade de serem estes próprios objetos a causa do acidente: uma bola que salta para a parte da frente do veículo e perturbar a visão do condutor, originando um acidente; as peças pequeninas que podem ser aspiradas pelas crianças e provocar asfixia, obrigando a travagens de emergência que aumentam muito o risco de acidente.

Não, não estamos a sugerir-lhe que torne o seu carro num espaço sem brinquedos até porque, muitas vezes, a diferença entre uma viagem normal e a perda da sanidade mental com a impaciência dos miúdos está nestes brinquedos. O que precisa de fazer antes de começar qualquer viagem é uma seleção dos brinquedos mais seguros para acompanhar os seus filhos em todas as deslocações.

Para o ajudar, preparámos uma pequena lista com sugestões de brinquedos inofensivos em qualquer imprevisto que aconteça na estrada. Conheça-os aqui:

Dê livros maleáveis aos seus filhos
Os livros são sempre algo com que os miúdos andam regularmente e que se tornam num entretenimento fácil. O que de facto não facilita são as capas duras e os rebordos pontiagudos. Mas há uma solução melhor: livros maleáveis, parecidos aos que os bebés usam, com histórias também bastante interessantes, mas muito mais leves e inofensivos.

Os peluches são a melhor companhia dos mais pequenos
Ocupam lugar, é verdade, mas são os melhores amigos das crianças e até podem servir de fantoches para longas conversas e gargalhadas durante a viagem.

Troque as canetas e lápis por autocolantes
Os autocolantes podem ser muito chatos: espalham-se facilmente e ficam colados por todo o lado, especialmente aqueles pequeninos com brilhantes. Mas, na verdade, são bem mais seguros para as viagens de carros do que lápis, canetas e livros para colorir.

Aposte nos puzzles de velcro
São pequenas peças que se espalham à velocidade da luz e que mais depressa acabam no chão que no colo, para não falar de que são bastante fáceis de engolir. Para os substituir pode sempre encontrar puzzles com velcro. Muito mais simples e menos perigosos.

Invente jogos e canções para as viagens
É uma evidência científica: as crianças fartam-se dos brinquedos mais rapidamente do que poderemos alguma vez antecipar. Quando isto acontece – e acontece sempre – o melhor que tem a fazer são jogos de adivinhas, brincadeiras com as cores dos outros carros. E pode sempre aproveitar para contar uma história ou inventar uma canção para cantar em família.