2017

PRIO ajuda a combater a seca

Novembro 23, 2017

PRIO-combate-a-seca

Aquela que é a pior seca dos últimos 100 anos obriga a que todos os portugueses, sem exceção, adotem comportamentos que permitam reduzir tanto quanto possível o consumo de água. Assumindo desde já o compromisso de contribuir de forma ativa para este esforço nacional, a PRIO já está a adotar um conjunto de medidas para poupar água, como o corte da rega dos relvados nos Postos da marca e o encerramento de serviços de lavagem automática.

Desde esta semana foram desligados os sistemas de rega de relvados de todos os postos PRIO em Portugal. Mas esta medida não fica por aqui: também na Fábrica de Biodiesel, no Parque de Tanques, e nas instalações centrais nas regiões de Ílhavo e Aveiro os sistema de rega estão desligados, como medida de poupança de água.

Já nas regiões do País mais afetadas pela seca severa, a PRIO foi ainda mais longe e decidiu encerrar os serviços de lavagens automáticas. Esta medida abrange, para já, 5 postos PRIO – Portalegre, Mangualde, Tondela, Mortágua e Oliveira de Frades –, podendo ser alargada a mais postos de acordo com o evoluir da situação.

Francisco Mendes, Diretor responsável pela rede de postos PRIO, justifica a decisão da marca com o momento de “urgência para o país”. “É importante que todos nós, mesmo os que não estão a ser atingidos diretamente por cortes de abastecimento, façamos uma gestão cuidada da água e da sua utilização”, sublinha o responsável, frisando que “a PRIO, enquanto empresa portuguesa, não pode ficar indiferente a uma situação que afeta o nosso país”.

Além do corte nos sistemas de rega nos postos e o encerramento de serviços de lavagens automáticas, a PRIO está a aplicar outras soluções que reduzem ao máximo o consumo de água, como a instalação de reguladores de caudal em todas as torneiras dos postos e instalações centrais, e instalação de redutores de capacidade dos autoclismos.