Associação Salvador recebe 4 mil euros da PRIO

A PRIO entregou esta segunda-feira, 4 de junho, um cheque no valor de cerca de quatro mil euros à Associação Salvador. Foi este o valor que foi angariado no Comercial Bike Day, uma parceria entre a Rádio Comercial e a PRIO que pôs mais de três dezenas de pessoas – entre anónimos e famosos – a pedalar quase mil quilómetros ao longo de uma maratona de dez horas.

PRIO-comercial-salvadorNo âmbito desta parceria, a PRIO doou 4 euros por cada quilómetro que fosse pedalado pelos participantes. A resposta dos ciclistas improvisados não se fez esperar. Entre os participantes desta ação estiveram nomes conhecidos da Rádio Comercial, como Nuno Markl, Vasco Palmeirim ou Pedro Ribeiro, mas também vários artistas e atletas como David Fonseca, Pedro Barbosa, Diogo Piçarra, Isabel Silva, ou Tomaz Morais.

Ao todo, foram completados 943 quilómetros nas três bicicletas estáticas instaladas no auditório da Rádio Comercial, somando assim uma quantia total de 3772 euros entregue pela PRIO à associação que tem como missão promover a integração das pessoas com deficiência motora na sociedade e melhorar a sua qualidade de vida.

PRIO recupera casa de vítima do incêndio em Tondela

PRIO constroi casa para vítima dos incêndios

Este contador de histórias de 70 anos viu a sua casa destruída pelos incêndios que atingiram a zona centro do país este verão, mas nem por isso deixou de ter um Natal reconfortante.

O Sr. António foi protagonista de um documentário produzido e realizado por Hugo Neves, em 2016. O realizador, também natural de Tondela, contou a história deste homem independente e perseverante, que ficou sem a mão esquerda e sem parte da mão direita num acidente.

Desde o incêndio que destruiu a casa do senhor António, Hugo Neves lançou uma campanha com o objetivo de reconstruir a casa deste homem. Ao saberem da campanha, os colaboradores da PRIO reuniram todos os esforços possíveis e puseram mãos à obra.

Após o levantamento de necessidades, recuperaram o exterior da casa com reboco e pintura, o chão interior, colocaram pavimento em madeira, adquiriram o mobiliário da sala e um quarto, reconstruíram a casa de banho e equiparam a cozinha, tornando a casa habitável a tempo do Natal. Dois dias antes da véspera de Natal, a PRIO desafiou os colaboradores da empresa a dar os últimos retoques na casa para que o Sr. António pudesse passar o Natal no conforto do seu lar. Pode ver o vídeo desta iniciativa através da página da Facebook da PRIO.

Para Ricardo Coimbra, administrador da PRIO e natural da região de Tondela, esta foi “uma pequena ajuda e quisemos que esta iniciativa também inspirasse outras entidades a ajudarem as várias vítimas dos incêndios. Acredito que se todos fizermos o nosso papel, enquanto cidadãos e enquanto empresas que também têm responsabilidade social na comunidade onde estão inseridas, estaremos a contribuir para o recomeço das pessoas como o Sr. António”.

Durante o período mais crítico dos incêndios, a PRIO foi uma das empresas com um papel mais interventivo no apoio ao bombeiros, tendo doado 11 mil litros de combustível em junho e o equivalente a 7500€ em abastecimentos dos carros, água e bens alimentares durante o mês de outubro.

PRIO apoia bombeiros no combate aos incêndios

foz coa

A imensa tragédia que se abateu sobre Portugal com os incêndios devastadores que  causaram a morte de dezenas de pessoas nos últimos dias no Centro e Norte do País está a gerar uma onda de solidariedade sem precedentes entre todos os portugueses. Como não podia deixar de ser, a PRIO faz questão de prestar uma ajuda urgente às diversas corporações de bombeiros nos combates aos incêndios que têm estado ativos nas últimas horas em Portugal e que deixaram o País de luto.

Para dar corpo a esta iniciativa, a PRIO acionou os mecanismos necessários junto dos seus postos para fazer chegar às zonas com mais operacionais no terreno cerca de 7500€ em combustível, água e bens alimentares como barras de cereais e bolachas.

Emanuel Proença, administrador da PRIO sublinha que “a PRIO tem muitos colaboradores que vivem e trabalham nas zonas afetadas pelos incêndios. Diariamente ouvimos e compreendemos o drama de quem tem a sua vida, os seus familiares e os seus bens em risco. Por isso, a PRIO não pode ficar indiferente à luta que de quem está no terreno e esta ajuda servirá para demonstrar que estamos todos juntos numa causa que nos preocupa a todos”, explica o responsável.

Esta ajuda solidária vem no seguimento do compromisso da PRIO em continuar a apoiar os Bombeiros Portugueses na sua missão sempre que tal situação se justifique. Recorde-se que, em junho, a PRIO doou mais de 11 mil litros de combustível aos bombeiros que estiveram a combater as várias frentes de incêndio em Pedrogão Grande, Castanheira de Cima e Góis.

PRIO oferece combustível aos Bombeiros que estão a combater incêndios de Pedrogão Grande

figueiro-topo

A PRIO decidiu doar 4 mil litros de combustível e mantimentos diretamente dos seus postos às corporações de bombeiros que estão a combater os incêndios de Pedrógão Grande, Figueiró dos Vinhos e Castanheira de Pêra.

Esta ajuda solidária está a ser feita desde Domingo, a partir dos postos da PRIO de Figueiró dos Vinhos e Oleiros que, por estarem muito próximos das frentes de incêndio ativas, têm permitido abastecer com eficácia as diversas equipas de mais de 2000 bombeiros que estão na região a combater este flagelo.

“Sentimos desde o primeiro momento que não podíamos ficar indiferentes num momento em que o Centro do país, região que viu a PRIO nascer, passa por momentos tão dramáticos. Juntamo-nos ao Luto Nacional pelas vítimas de Pedrógão Grande. Paralelamente e, uma vez que os nossos postos na região estão em posições estratégicas para proporcionar boas condições logísticas aos nossos bombeiros, também acreditamos que estamos a dar o nosso pequeno contributo para ajudar a combater a tragédia que assolou Pedrogão Grande”, afirmou Ricardo Coimbra, membro da Comissão Executiva da PRIO.

PRIO aquece o inverno dos sem-abrigo em Lisboa

prio-sem-abrigo-lx

Este inverno, a PRIO vai aquecer os dias mais frios dos sem-abrigo em Lisboa com aquecedores e mantas polares. Um pequeno gesto que pretende fazer a diferença na vida destas pessoas, dando-lhes o conforto possível nos dias frios do meses de janeiro e fevereiro.

Enquanto empresa 100% portuguesa, a PRIO assume a responsabilidade social como um dos pilares estruturantes da sua estratégia de atuação. “A PRIO é uma empresa que se encontra presente em todo o país, de norte a sul de Portugal, lidando de perto com muitas e diferentes realidades. Os sem-abrigo são ainda um dos graves problemas das grandes cidades, com centenas de homens e mulheres a viverem diariamente nas ruas, ao frio e à chuva.

Este ano, quisemos fazer a diferença, dando o nosso contributo. Com o apoio do NPISA e da Câmara Municipal de Lisboa, a PRIO vai equipar diversos Centros de Apoio com aquecedores e mantas polares. Um contributo que, esperamos, aqueça e conforte a vida destas pessoas”, refere Pedro Morais Leitão, CEO da PRIO.

Uma iniciativa da PRIO, realizada em parceria com o NPISA – Núcleo de Planeamento e Implementação SemAbrigo de Lisboa – e a Câmara Municipal de Lisboa, que irá decorrer entre os meses de janeiro e fevereiro de 2017, os meses mais frios, por norma, em Lisboa.

Através de um protocolo entre as três entidades, a PRIO irá emprestar, durante dois meses, 40 aquecedores e doar 800 garrafas de gás e 800 mantas polares, um investimento solidário, no valor de cerca de 15 mil euros.